404 Views |  2

MUNDO PLUS SIZE: LIVROS PARA QUEM QUER SE INSPIRAR

Ei, gente!

Andei um pouco sumida daqui.

Desde que me mudei para São Paulo (há quase dois meses), a vida anda meio louca e estou tentando organizar uma nova rotina, inclusive para o blog.

Tenho mergulhado em outros universos, bem além do look do dia, que vocês acompanham diariamente no Instagram. Estou numa fase meio inquieta, buscando novos desafios e conhecimentos para trazer para vocês. Então, peço um pouquinho de paciência. Aos poucos, estou voltando 🙂

Para essa semana, preparei uma lista de 5 livros para quem está procurando por inspiração e aceitação. Vamos lá?

1 – Gorda não é palavrão

Mesmo quem sabe que peso não é indicativo de beleza, saúde ou caráter ainda tem dificuldade em superar os valores associados às palavras “gorda” e “magra”. Pra quê? Por que permitirmos que “gorda” seja praticamente um palavrão, um insulto? Através de sua história única de trabalho duro e conquistas, Fluvia Lacerda, a mais renomada modelo plus size brasileira, oferece um manifesto inspirador de autoaceitação. Ela encoraja mulheres a questionarem a falta de representatividade de tamanhos na moda e na mídia e a deixarem de se submeter aos padrões alheios. O livro ainda não chegou no mercado, mas está em pré-venda e tem previsão de lançamento para 6 de novembro.

2 – Shrill: Notes From a Loud Woman

Lindy West, autora de textos de opinião no New York Times e que também é plus size, se abriu no ano passado para falar das expectativas da sociedade em relação ao corpo e comportamento das mulheres em seu livro Shrill: Notes From a Loud Woman”. 

 “Desde que nascemos, dizem a nós, mulheres, que precisamos ser pequenas: fisicamente pequenas, de presença pequena e ter um impacto pequeno sobre nosso mundo. Quero acabar com essa expectativa.”

3 – The Not So Subtle Art of Being A Fat Girl: Loving the Skin You’re In (A arte nada sutil de ser uma garota gorda: amando a pele que você habita – livre tradução)

Tess é sinônimo de beleza e é um dos maiores nomes do meio plus size. Seu livro fala sobre como se sentir confortável na própria pele.  Em seu primeiro livro, ela compartilha sua poderosa história pessoal e oferece inspiração e dicas para mulheres que as ajudem a não apenas sobreviver, mas prosperem e traçar seu próprio curso para aceitação, poder e beleza verdadeira.

4 – “A New Model – What Confidence, Beauty and Power Really Look Like” (“Uma nova modelo – A verdadeira aparência da confiança, beleza e poder”, em livre tradução)

Para além do viés plus size, a modelo plus mais conhecida do mundo lançou um livro que  fala sobre racismo e abuso sexual. Ashley conta também que sua mãe foi primordial para seu processo de aceitação e autoestima, mas que seu pai era extremamente crítico. A modelo reforçou que resolveu contar sua história para que muitas pessoas que não sabem bem o que fazer com as situações adversas da vida possam se inspirar.

5 – Tamanho 42 Não É Gorda

Meg Cabot sabe como ninguém falar com as mulheres, independente da idade. Nesse livro, temos uma protagonista com muitos problemas autoestima e aceitação. Coloquei na lista por se tratar de ficção e sair um pouquinho das autobiografias 🙂

Boa leitura! 🙂

Beijos,

Mari