3027 Views |  3

Até que enfim! Encontrei o sutiã perfeito!

Olá Garotas,

Vamos falar moda? Todo mundo sabe que tudo quanto é peça com a pretensão de ter um tamanho “padrão”, tem 90% de chance de ser um verdadeiro fracasso. Essas roupas que se dizem tamanho único, que os vendedores dizem que servem em todos, na verdade não servem em ninguém. E mesmo quando temos numerações divididas, nem toda a roupa de um determinado tamanho vai servir bem em duas pessoas desse mesmo tamanho. Uma vai ter mais coxa, a outra mais quadril, uma vai ter uma circunferência abdominal maior, e assim por diante. E com roupas íntimas não poderia ser diferente.

A modelagem de sutiãs, no Brasil, é “padronizada” em cada numeração, o que fez da minha vida uma busca eterna pelo sutiã certo. A partir do momento em que a puberdade bateu na minha porta, eu me tornei uma mulher peituda. Tenho um volume enorme de seios, meio que desproporcional ao meu tamanho (não importa qual ele seja, como pude constatar nas sanfonas do meu peso). São seios pesados, que precisam de séria sustentação. Mas, apesar disso, tenho costas finas, com  uma estrutura óssea compacta. O que dificultou, em muito, essa minha missão.

Todos – atenção, eu digo todos – os sutiãs que eu comprei na minha vida, no Brasil, na numeração que supostamente era a minha, não serviam corretamente. Ou não cobriam meu seio de forma correta ou ficavam enormes nas costas e iam subindo, perdendo toda a sustentação. Quando encontrava aquele que servia mais ou menos – normalmente com cara de sutiã de avó, pois os bonitinhos, nem pensar – tinha que ficar constantemente puxando-o por cima da blusa, na tentativa de cobrir o seio inteiro. Claro que sem muito sucesso, pois, na maioria das vezes, estava sempre presente aquela marca que dividia o seio ao meio, parecendo que eles queriam pular para fora e se libertar.

Se você se identificou com essa história até aqui, fica mais um pouquinho, que agora que a coisa vai ficar boa!

Foi apenas há pouco tempo que descobri o sonho que é a forma americana de fazer sutiã. Eles levam em consideração dois fatores importantes para definir o tamanho do sutiã: O primeiro é o tamanho do bojo, lugar onde abraça o seio, representado pelas letras do alfabeto. O segundo é a circunferência das costas, medida logo abaixo dos seios, representada em inches, que é a medida equivalente aos nossos centímetros. Assim, não importa se você é peituda de costas finas, como eu, ou tem costas mais largas e seios menores, você vai encontrar o sutiã perfeito para você. É só medir direitinho, dessa forma:

 

E inserir suas medidas nesse link aqui (medida 1 no primeiro espaço, e medida 2 no segundo, trocando a medida de inches para centimeters, no botão lateral). O meu tamanho é 40H e apesar dele parecer enorme, é tudo que sempre sonhei!!!!

Mas aí você me pergunta: Carol, de que vale essa informação toda, se não pretendo ir aos EUA tão cedo? Ah mon amour, tem uma loja plus size americana maravilhosa, que vende roupas lindas e tem uma gama de sutiãs incríveis para as gordinhas e peitudinhas, que recentemente abriu vendas online para o Brasil.

É isso mesmo! A Lane Bryant agora está ao nosso alcance através de um clique. É barato? Não! Mas vale a pena? Vale! Depois de ficar a vida toda procurando, finalmente encontrei um sutiã que foi feito para mim, que me deixa confortável para me movimentar normalmente.

Então, se você está afim de investir um pouquinho mais para ganhar sua liberdade, entra no site e se esbalde!

Link do sutiãs: Lane Bryant Cacique

Beijos,

Carol Kerbidi